Técnico do momento, Klopp lida com ovos e gravata na crise do coronavírus

Afastado da rotina presencial de treinos e jogos por causa da pandemia de coronavírus, o treinador do Liverpool, Jürgen Klopp, tem tido tempo para aprender coisas que não imaginava que aprenderia antes.

O alemão é o treinador do momento, à frente de Pep Guardiola e Jorge Jesus, entre outros.

Campeão europeu com os Reds em 2019, Klopp caminhava com facilidade para encerrar um amargo jejum de três décadas do clube –desde 1990 o Liverpool não é campeão inglês.

A conquista da Champions League foi determinante para que ele ganhasse o prêmio de Técnico do Ano na cerimônia The Best, da Fifa, em setembro do ano passado, merecidamente.

Teve um recente revés, pouco antes da paralisação do futebol, com a queda do Liverpool ante o Atlético de Madrid, em jogo disputadíssimo nas oitavas de final da Champions, mas o fato não abalou seu prestígio.

Nos intervalos do acompanhamento remoto dos treinamentos físicos do elenco, pois os jogadores estão reclusos em suas respectivas casas, Klopp, conforme revelou à LFCTV (a TV do Liverpool), dedica-se a atividades às quais não pensaria que se dedicaria até então.

É, o tempo livre faz as pessoas focarem temas diversos, não relacionados à profissão.

“Não há por ora boas notícias em geral, mas a situação me deu tempo para fazer coisas diferentes, aprender coisas novas”, disse Klopp. “Estou encarregado da máquina de lavar louça, o que atualmente é legal, sou agora o mestre daquela pequena máquina.”

“Fiz pela primeira vez ovos mexidos. Ulla [atual esposa de Klopp] ficou impressionada com aqueles ovos mexidos, mas não quis me dar uma nova oportunidade, e nem eu pedi a ela.”

“O próximo desafio é dar um nó na gravata. Tenho 52 anos e não sou capaz disso. Mas vou aprender. Possivelmente levará uma semana inteira, pois minhas mãos são geralmente imprestáveis, mas será divertido.”

As iniciativas de Klopp me fizeram pensar. Lavo a louça na mão (apesar de haver lava-louças disponível), jamais fiz ovos mexidos (não tenho atração por eles nem pelos fritos; gosto dos cozidos) e não sei dar nó em gravatas (tenho algumas já compradas com os nós prontos).

Seríamos eu e Klopp, entre os homens, exceções ou regra?

Leia também: Fã de dez anos do Manchester United pede a Klopp que faça o Liverpool perder

Leia também: Klopp é multado por invadir o campo e festejar gol com Alisson

Leia também: América do Sul também tem seu Liverpool

O alemão Jürgen Klopp vibra em Liverpool x Bournemouth pelo Campeonato Inglês de 2019/2020 (Phil Noble – 7.mar.2020/Reuters)

Desafios à parte, o treinador falou também sobre entretenimento e sociabilidade durante o isolamento.

Fã de comédias como “Debi & Lóide” (com Jim Carrey), as quais considera “filmes bobos”, afirmou estar assistindo, ao lado do filho Marc (do primeiro casamento), a aventuras do universo Marvel, sendo “Homem de Ferro” (com Robert Downey Jr.) uma delas, e curtindo.

“São filmes para ver comendo pipoca, sem a necessidade de se concentrar muito.”

Parte do tempo livre Klopp também usou para conversar por celular, via aplicativo, com velhos amigos e/ou conhecidos da época de colégio.

“Minha prima, que estudou na mesma classe que eu, começou a postar fotos minhas de infância e perguntou se tinha mais gente com fotos assim, e começaram a enviar loucamente.”

Foto compartilhada em grupo de colegas de escola de Jürgen Klopp mostra o técnico quando criança (Reprodução/LFCTV)

“Foi, honestamente, um dia maravilhoso. Ri intensamente, resgataram-se muitas memórias boas e agora tenho essas fotografias.”

Ele deve ter a oportunidade de se distrair ou se envolver ainda com muita coisa, já que os treinos presenciais e as partidas devem demorar a ser retomados.

Há na Inglaterra a previsão é a de que os clubes voltem a treinar no dia 16 de maio (dentro de quase um mês) e que a Premier League seja reiniciada no dia 6 de junho.

No Reino Unido, mais de 15 mil pessoas morreram até agora de Covid-19 e são quase 115 mil infectadas com o coronavírus.