Mata-mata da Champions terá 35 brasileiros; veja quem enfrenta quem

Trinta e cinco brasileiros estarão, em fevereiro, defendendo seus respectivos clubes nas oitavas de final da Champions League, a Liga dos Campeões da Europa.

Das equipes nos mata-matas, apenas o alemão Borussia Dortmund não tem nenhum brasuca.

Conhecido o resultado do sorteio, realizado nesta segunda (16), o duelo mais interessante é Manchester City x Real Madrid.

O atual campeão inglês, no seu intuito de pela primeira vez conquistar o badalado interclubes, terá de desbancar o maior vencedor da competição – 13 troféus.

Para isso, o goleiro Ederson, o volante-zagueiro Fernandinho e o atacante Gabriel Jesus terão de eliminar o zagueiro Éder Militão, o lateral-esquerdo Marcelo, o volante Casemiro e os atacantes Vinícius Júnior e Rodrygo.

Ederson, Gabriel Jesus, Casemiro e Militão têm sido regularmente convocados para a seleção brasileira.

Liverpool  x Atlético de Madri é outro confronto de peso e que envolve vários brasileiros: cinco.

Do lado da equipe inglesa, que não deu sorte no cruzamento – o Atlético do técnico Simeone é sempre um osso duro de roer –, o goleiro Alisson, o volante Fabinho e o atacante Firmino, todos na mais recente lista de Tite, terão pela frente o lateral-esquerdo Renan Lodi (também chamado pelo treinador do Brasil) e o zagueiro Felipe (ex-Corinthians).

O Liverpool, de Roberto Firmino, enfrentará o Atlético de Madri no mata-mata de oitavas da Liga dos Campeões da Europa (Reprodução/Twitter do Liverpool FC)

O PSG, com Neymar e os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos – este às vezes também volante no time francês –, cruzará com o Borussia Dortmund, em mais um duelo sem um favorito claro.

Emprestado pelo Barcelona ao Bayern de Munique, o meia-atacante Philippe Coutinho se encontrará com o atacante Willian, colega de seleção que defende o Chelsea.

O Barça, do volante Arthur e do goleiro reserva Neto, tentará não ser surpreendido pelo Napoli, do volante Allan, que disputa espaço na seleção brasileira com Arthur.

Outro gigante que tentará evitar uma zebra é a Juventus. Vestem o uniforme do clube italiano os laterais Danilo (direito) e Alex Sandro (esquerdo) e o atacante Douglas Costa.

Seu adversário, o Lyon, reúne cinco brasileiros: o lateral-direito Rafael, o zagueiro Marcelo, o lateral-esquerdo Fernando Marçal, o volante Thiago Mendes e o meia Jean Lucas. Titular absoluto, hoje, só Thiago Mendes. Marcelo, em litígio com parte da torcida (que o chamou de burro), pode deixar o clube francês.

Atual vice-campeão da Champions, o Tottenham, agora treinado por José Mourinho, enfrentará o Leipzig. O português tem prestigiado o atacante Lucas Moura, escalando-o como titular. Na equipe alemã, o atacante Matheus Cunha, que atuou pelo Coritiba na base, é reserva.

Lucas Moura (esq.) comemora com Aurier; Tottenham terá como oponente na Champions o Leipzig (Reprodução/Instagram do Tottenham Hotspur)

Valencia e Atalanta, times médios de Espanha e Itália, farão o embate menos midiático das oitavas. Ambos só se classificaram na rodada final da fase de grupos, com vitórias sobre o Ajax (Holanda) e o Shakhtar (Ucrânia), respectivamente.

O zagueiros Rafael Tolói, ex-São Paulo (Atalanta), e Gabriel Paulista, ex-Arsenal (Valencia) são titulares; o lateral-esquerdo Guiherme Arana (ex-Corinthians) e o zagueiro Ibañez (ex-Fluminense), reservas no time italiano.

A seguir, duelo a duelo, com o número de brasileiros envolvidos, se não houver mudanças nos elencos até a metade de fevereiro. O time à esquerda decide em casa.

  • Manchester City-ING x Real Madrid-ESP: 8
  • Juventus-ITA x Lyon-FRA: 8
  • Liverpool-ING x Atlético de Madri-ESP: 5
  • Valencia-ESP x Atalanta-ITA: 4
  • Paris Saint-Germain-FRA x Borussia Dortmund-ALE: 3
  • Barcelona-ESP x Napoli-ITA: 3
  • Bayern de Munique-ALE x Chelsea-ING: 2
  • Leipzig-ALE x Tottenham-ING: 2

Em tempo 1: Dá para escalar uma seleção brasileira com esses 35? Sim, com sobras. Eis os meus titulares: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Lucas Moura, Gabriel Jesus e Neymar. O time reserva seria: Ederson; Rafael, Militão, Felipe e Renan Lodi; Fabinho e Thiago Mendes; Douglas Costa, Firmino e Willian; Rodrygo. 

Em tempo 2: Não estão incluídos entre os brasileiros mencionados aqueles que nasceram no Brasil e optaram por outra nacionalidade, casos de Jorginho e Emerson (Chelsea), Diego Costa (Atlético de Madri) e Thiago Alcántara (Bayern).