Guardiola envia carta e convite a 114 fanáticos torcedores do Man City

Cento e catorze torcedores do Manchester City receberam uma carta assinada pelo treinador do atual campeão inglês, Pep Guardiola.

O espanhol fez questão de agradecer a cada um deles por terem viajado até Kharkiv para torcer pelo time contra o Shakhtar Donetsk, na partida de estreia da Liga dos Campeões da Europa, no dia 18 de setembro.

A distância que separa Manchester, na Inglaterra, na cidade ucraniana é de 3.204 quilômetros.

De acordo com o Google Maps, uma viagem terrestre, passando por França, Bélgica, Alemanha e Polônia, leva aproximadamente 35 horas. Isso só a ida. Incluindo o retorno, são mais 70 horas, ou quase três dias.

Indo de avião, a situação melhora, mas não muito. Não há voos diretos entre Manchester e Kharkiv, sendo necessárias no mínimo duas conexões.

No trajeto menos demorado, com paradas na Holanda e na própria Ucrânia, são quase dez horas para a chegada ao destino. Na volta, no mínimo mais 11 horas e meia, também com duas trocas de avião.

O preço para cada fanático que tenha viajado por via aérea é de £ 349 (ou quase R$ 1.900). Isso sem incluir os traslados, a alimentação e uma noite de hospedagem em Kharkiv.

Esses 114 torcedores são mesmo heróis da resistência, além de terem desembolsado uma quantia significativa sem ter a certeza de que ficariam felizes – no futebol não é tão raro o favorito tropeçar.

Felizmente para eles o Man City não tropeçou. Ganhou bem, por 3 a 0, gols de Mahrez, Gundogan e Gabriel Jesus.

Tendo ciência da presença desses 114 no estádio Metalist, Guardiola decidiu recompensá-los.

A carta em si já seria um presente, porém seu conteúdo trazia algo mais que um “valeu”.

Carta do treinador Pep Guardiola, do Manchester City, para um dos torcedores do clube que foram até a Ucrânia prestigiar a equipe inglesa (Reprodução/Instagram de Darren Page)

Eis a tradução, editada.

“No dia 18 de setembro você e outros 113 dedicados torcedores fizeram uma longa viagem para nos ver jogar, e eu queria dizer obrigado.”

“Ter apoio nesses jogos significa muito e, como sempre digo, não somos nada sem nossos fãs.”

“Como um gesto de agradecimento, gostaríamos de convidá-lo para uma experiência City Hospitality no jogo de volta contra o Shakhtar, no dia 26 de novembro.”

Desse modo, cada um dos 114 terá a oportunidade de, sem custo, ver essa partida da Champions League, com direito a regalias VIP.

Além do ingresso, poderão fazer um tour pelo Etihad Stadium, ter um jantar fino, filmar os jogadores no trajeto entre o vestiário e o campo e assistir à partida de um local privilegiado, próximo ao banco de reservas, por exemplo.

O preço dessas regalias, para quem quiser usufruí-las sem ser convidado, pode chegar a £ 1.200 (R$ 6.484).

Merecido? Merecido. Ponto para o Man City. Ponto para Guardiola.

Torcedor cada clube tem aos montes. Torcedor roxo, doente, raiz, não se encontra em qualquer esquina.

Por aqui, quiçá um dia um Flamengo, um Corinthians, para citar os times de maior torcida no Brasil, e outras agremiações, grandes, médias ou pequenas, possam identificar seus mais ardorosos torcedores e recompensá-los adequadamente, uma vez que seja na vida.