Uma seleção de respeito que não estará na Copa do Mundo

Romero; Daniel Alves, Koscielny, Funes Mori e Digne; Can, Rabiot e Nainggolan; Oxlade-Chamberlain, Icardi e Sané.

Eis uma seleção respeitável, que provavelmente qualquer treinador gostaria de comandar.

Entretanto esses 11, todos presentes em grandes ligas do futebol mundial (inglesa, francesa, italiana ou espanhola), não estarão na Copa do Mundo que começa daqui a exatamente uma semana.

Eles integram a lista de 93 atletas selecionados pela Panini para seu álbum de figurinhas da Copa de 2018 que não foram convocados pelos técnicos de seus respectivos países.

O argentino Romero (Manchester United), o brasileiro Daniel Alves (Paris Saint-Germain), o francês Koscielny (Arsenal) e o inglês Oxlade-Chamberlain (Liverpool) ficaram fora devido a recentes lesões.

Os argentinos Icardi (Inter de Milão) e Funes Mori (Everton), os franceses Digne (Barcelona) e Rabiot (Paris Saint-Germain), o belga Nainggolan (Roma) e os alemães Can (Liverpool) e Sané (Manchester City) não irão à Rússia por opção dos treinadores.

A ausência mais surpreendente é a de Sané, que não ajudará a atual campeã mundial a defender seu título.

Aos 22 anos, o hábil e veloz ponta-esquerda brilhou na temporada 2017/2018, sendo importantíssimo na conquista do Campeonato Inglês pelo Manchester City. Em 32 jogos, marcou 10 gols e deu 15 assistências (passes que resultam em gol).

O treinador Joachin Löw, criticado por setores da mídia por excluir o jogador, preferiu apostar em Marco Reus, do Borussia Dortmund (Alemanha), ótimo atacante que, contudo, tem um histórico recheado de contusões.

Saiba um pouco mais a respeito dessa seleção de bons jogadores (alguns ótimos) que verão a Copa pela TV.

  • Romero (Manchester United), 31 anos, goleiro – Titular da Argentina vice-campeã na Copa de 2014. Experiente, possui bons reflexos. Lesionado
  • Daniel Alves (Paris Saint-Germain), 35 anos, lateral direito – Um dos líderes da seleção brasileira, esteve nas Copas de 2010 e 2014. Ótimo nas assistências. Lesionado
  • Koscielny (Arsenal), 32 anos, zagueiro – Titular da França na Copa de 2014 e na Eurocopa de 2016. Eficaz na defesa, elemento-surpresa no ataque. Lesionado
  • Funes Mori (Everton), 27 anos, zagueiro – Titular da Argentina vice-campeã da Copa América de 2016. Enérgico, impõe respeito; às vezes é violento. Descartado
  • Digne (Barcelona), 24 anos, lateral esquerdo – Destaque nas seleções de base da França. Leve e rápido, bom marcador. Descartado
  • Can (Liverpool), 24 anos, volante – Integrante da Alemanha campeã da Copa das Confederações de 2017. Durão com passe de qualidade. Descartado
  • Rabiot (Paris Saint-Germain), 23 anos, volante/meia – Destaque nas seleções de base da França. Competente na marcação e na distribuição. Descartado
  • Nainggolan (Roma), 30 anos, volante/meia – Titular da Bélgica na Eurocopa de 2016. Vigoroso, perigoso nos chutes de longe. Descartado
  • Oxlade-Chamberlain (Liverpool), 24 anos, atacante – Destaque nas seleções de base da Inglaterra. Ligeiro, bom finalizador. Lesionado
  • Icardi (Inter de Milão), 25 anos, atacante – Artilheiro da equipe italiana nas últimas quatro temporadas. Homem-gol. Descartado
  • Sané (Manchester City), 22 anos, atacante – Destaque nas seleções de base da Alemanha. Ponteiro veloz e driblador. Descartado