Astro do Real Madrid diz preferir ver golfe do que Neymar e companhia

Um dos confrontos mais aguardados deste semestre está marcado para os dias 14 de fevereiro (uma quarta-feira), no Santiago Bernabéu, em Madri, e 6 de março (uma terça-feira), no Parc des Princes, em Paris.

Nessas datas se enfrentarão pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa o Real Madrid, atual bicampeão da badalada competição, e Paris Saint-Germain.

A equipe francesa se reforçou nesta temporada com Daniel Alves, Mbappé e, principalmente, Neymar, com a meta de pela primeira vez erguer a “orelhuda”, como é apelidada a taça da Champions League, devido ao seu design.

A pouco mais de três semanas da partida de ida, jogadores começarão a dar suas opiniões a respeito do esperado duelo.

Um dos primeiros a serem questionados pela mídia foi o galês Gareth Bale, um dos bês do famoso trio de ataque BBC, do Real Madrid – o outro bê é o francês Benzema e o cê é o português Cristiano Ronaldo.

Surpreendentemente, ele deu de ombros para Neymar e companhia. Disse não estar nem aí para o PSG. Aliás, nem para o PSG nem para nenhum outro clube.

Estranhamente para um futebolista (Gabriel Jesus, um fissurado por futebol, que o diga), a prioridade de Bale, quando não está treinando ou jogando, é outra.

“Eu quase não vejo futebol. Para ser honesto, prefiro assistir a partidas de golfe”, declarou ele depois de o Real Madrid golear o Deportivo La Coruña por 7 a 1 neste domingo (21), com dois gols dele.

“Não pensamos na Champions League ainda. Falta algum tempo (para o confronto com o PSG). Temos de focar em cada jogo, readquirir confiança e reencontrar o caminho das vitórias”, concluiu o galês de 28 anos, ex-Tottenham (Inglaterra).

Nesta temporada, o Real Madrid está muito aquém do esperado no Campeonato Espanhol.

Em 19 partidas, soma 35 pontos – 19 atrás do líder, o arquirrival Barcelona – e já perdeu quatro vezes, uma a mais do que em toda a campanha do título de 2016/2017.

Bale, que tem lutado contra as lesões para emplacar uma sequência de jogos, é o coartilheiro do time no campeonato, com seis gols (em nove jogos), mesmo número de Cristiano Ronaldo.

O Barça tem os principais goleadores da Liga: Messi (19 gols) e Suárez (15).

Leia também – Neymar x CR7: histórico de duelos favorece o brasileiro

Em tempo 1: Bale está em quinto lugar na lista das mais caras transferências do futebol. O Real Madrid pagou ao Tottenham € 100 milhões (R$ 391 milhões pelo câmbio atual) em 2013 para contratá-lo. Fica atrás dos também atacantes Neymar (o PSG pagou € 222 milhões ao Barcelona em 2017), Philippe Coutinho (o Barcelona pagou € 120 milhões ao Liverpool neste ano) e Dembelé (o Barcelona pagou € 105 milhões ao Borussia Dortmund em 2017) e do meia Pogba (o Manchester United pagou € 105 milhões à Juventus em 2016).

Em tempo 2: Bale, que teve ótima participação da Eurocopa de 2016, na França, quando o País de Galês chegou às semifinais, não estará na Copa do Mundo da Rússia, neste ano, pois a seleção galesa não se classificou.