Messi supera marca do lendário Gerd Müller; veja outros recordes do argentino

Luís Curro
Capitão do Barcelona, Messi comemora seu gol, o quarto do Barcelona na vitória por 4 a 2 sobre a Real Sociedad no Campeonato Espanhol (Vincent West – 14.jan.2018/Reuters)

Aos 30 anos, Messi somou neste domingo (14) mais um recorde para a coleção dele.

Ao fazer no Campeonato Espanhol um belíssimo gol de falta, no qual o goleiro Rulli ficou estático, o supercraque argentino, além de contribuir para a vitória de 4 a 2 do Barcelona sobre a Real Sociedad, chegou ao 366º gol nessa competição.

Não são, obviamente, 366 gols neste Espanhol (no qual Messi é o artilheiro, com 17 tentos), mas em todos os Espanhóis que ele disputou – o primeiro jogo dele com a camisa do Barcelona pelo time principal foi em outubro de 2004.

Com esse gol, Messi ultrapassou a marca de 365 do alemão Gerd Müller e se tornou o jogador a fazer mais gols por um mesmo time em um campeonato nacional nas cinco principais ligas da Europa (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália).

Messi faz, em perfeita cobrança de falta, gol contra a Real Sociedad (Reprodução/Site do FC Barcelona)

A Pulga, como é apelidado Messi, precisou de 400 partidas para fazer 365 gols.

O lendário alemão Müller, artilheiro da Copa do Mundo de 1970, com dez gols, e hoje com 72 anos, atuou 27 jogos a mais para chegar aos mesmos 365, de 1964 a 1979, pelo Bayern de Munique na Bundesliga.

Que outros recordes o fenomenal argentino detém em sua carreira? Listo alguns:

  • Maior número de vezes eleito o melhor jogador do mundo (empatado com o português Cristiano Ronaldo): 5 (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015)
  • Maior vencedor da Chuteira de Ouro, dada ao maior goleador da temporada em um campeonato nacional (empatado com Cristiano Ronaldo): 4 vezes (2009/2010, 2011/2012, 2012/2013 e 2016/2017)
  • Maior artilheiro da história do Barcelona: 564 gols (incluindo os feitos em amistosos)
  • Maior número de gols marcados em um ano (2012) em jogos oficiais, somando clube e seleção: 91 (Pelé balançou as redes 126 vezes em 1959, mas a conta inclui as partidas não oficiais)
  • Maior número de gols em uma temporada (2011/2012) do Campeonato Espanhol: 50
  • Maior número de gols marcados no clássico Barcelona x Real Madrid: 26 (o argentino Di Stéfano anotou 18, e Cristiano Ronaldo, 17)
  • Maior artilheiro da seleção argentina: 61 gols (Batistuta, o segundo da lista, marcou 54; Maradona, 34)

Leia também: Messi responde a Maradona com três gols em 19 minutos

Em tempo 1: Cristiano Ronaldo tem 289 gols em 279 partidas pelo Real Madrid no Campeonato Espanhol – contagem iniciada em 2009, quando o português chegou ao clube da capital espanhola. Sua média por jogo, de 1,04, é superior à de Messi (0,91).

Em tempo 2: Com a derrota do Manchester City para o Liverpool na Inglaterra, o Barcelona é o único time invicto nesta temporada nos principais campeonatos europeus – em Portugal, que não entra na lista, Sporting e Porto ainda não perderam. O Barça, que lidera o Espanhol com 51 pontos (9 a mais que o Atlético de Madri e 19 à frente do Real Madrid), ganhou 16 jogos e empatou 3. A equipe está invicta há 29 partidas, com 23 vitórias. A última derrota aconteceu no dia 16 de agosto do ano passado, 3 a 1 para o Real Madrid, na final da Supercopa da Espanha.