Neymar x Cristiano Ronaldo: histórico de duelos favorece o brasileiro

Luís Curro

O mata-mata mais esperado nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa será entre Paris Saint-Germain e Real Madrid.

Nesse duelo, definido por sorteio, o time francês, em busca de um título inédito, enfrentará o atual bicampeão da Champions – a equipe espanhola é também, com folga, a maior vencedora da competição (12 vezes).

Os duelos das oitavas de final da Champions League, que serão realizados de 13 de fevereiro a 14 de março de 2018 (Reprodução/Site da Uefa)

Será também um confronto direto entre Neymar, o jogador mais caro do mundo e a maior aposta do PSG para ser bem-sucedido na temporada, e o badaladíssimo Cristiano Ronaldo, eleito cinco vezes o melhor jogador do planeta (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017).

Se o brasileiro, no seu intuito de obter esse prêmio individual, quer mostrar ao mundo que tem condição de chegar lá, tem pela frente uma excelente oportunidade. Eliminar o Real, e junto o CR7, é essencial.

Uma desclassificação praticamente ceifará a chance de Neymar ganhar a almejada Bola de Ouro (da revista “France Football”) ou o troféu The Best (da Fifa).

Pois o desempenho individual na Champions League é muito valorizado na escolha do melhor do mundo.

Caso o PSG seja eliminado precocemente, Neymar terá de jogar na Rússia uma Copa do Mundo espetacular e ser o protagonista em uma caminhada da seleção brasileira rumo ao hexa para poder voltar a ser cotado para faturar um prêmio de melhor futebolista do ano.

Leia também – Neymar e o sangue de barata

O histórico é favorável ao brasileiro de 25 anos nos confrontos já realizados contra o português de 32? (Aliás, ambos nasceram no mesmo dia: 5 de fevereiro.) Sim.

Neymar, quando no Barcelona, enfrentou o Real com Cristiano Ronaldo em campo sete vezes, todas pelo Campeonato Espanhol – a primeira em outubro de 2013, a última em dezembro de 2016.

O Barça ganhou quatro desses jogos, empatou um e perdeu dois.

Neymar, nessas partidas, anotou três gols e somou quatro assistências. Cristiano Ronaldo fez quatro gols (um de pênalti) e deu um passe para gol de um companheiro.

Ou seja, no geral, o craque brasuca teve mais participação em gols (7) do que o astro português (5) nesses confrontos.

Será, sem dúvida, um mata-mata imperdível. Anote as datas e horários. Jogo de ida: 14 de fevereiro, uma quarta-feira, às 17h45, no Santiago Bernabéu, em Madri. Jogo de volta: 6 de março, uma terça-feira, às 16h45, no Parc des Princes, em Paris.

Leia também: Quem é melhor? PSG-2017 x Manchester City-2017

Em tempo 1: Neymar precisará mais do que nunca que compatriotas o ajudem a parar Cristiano Ronaldo. Três dos quatro titulares da defesa do PSG são brasileiros. A dupla de zaga, Marquinhos e Thiago Silva, e o lateral-direito Daniel Alves, que, notoriamente não sendo um grande marcador, terá de se desdobrar no duelo com o CR7, que ataca quase sempre pela ponta esquerda.  

Em tempo 2: Quem se deu bem no sorteio e quem se deu mal? Os confrontos mais duros são PSG x Real Madrid, Barcelona x Chelsea e Liverpool x Porto. Dos times favoritos, Bayern de Munique e Manchester City terão mata-mata teoricamente fácil, pegando, respectivamente, o turco Besiktas e o suíço Basel. Há favoritismo do Manchester United (contra o Sevilla) e, em dose menor, da Juventus (contra o Tottenham) e da Roma (contra o Shakhtar Donetsk).