Série recordista de gols do Real Madrid é interrompida depois de 82 jogos

Por Luís Curro

O Real Madrid teve interrompida pelo Betis uma sequência de 82 partidas em que saiu de campo marcando ao menos um gol.

Diante de mais 65 mil pessoas no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, o ataque formado por Cristiano Ronaldo, Bale e Isco não conseguiu balançar as redes do goleiro Adán.

Os dois primeiros, que são os maiores craques do Real, tentaram em suas melhores chances marcar de calcanhar, mas a bola não entrou.

O português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, faz careta durante a partida contra o Betis, pelo Espanhol (Francisco Seco – 20.set.2017/Associated Press)

Desde 26 de abril do ano passado, quando empatou por 0 a 0 com o Manchester City também em seu estádio, pela Liga dos Campeões da Europa, a equipe comandada por Zinédine Zidane não sabia o que era encerrar um jogo sem fazer gol.

Essa série, que durou quase um ano e cinco meses, é considerada o recorde de partidas consecutivas em que um clube vazou o adversário – não achei registro de marca superior a essa.

A conta engloba todos os confrontos disputados pela equipe merengue nesse intervalo, no Campeonato Espanhol, na Copa do Rei, na Supercopa da Espanha, na Supercopa da Europa, na Champions League, no Mundial de Clubes, na International Champions Cup e em amistosos.

Nesses 82 jogos, o Real somou um total de 217 gols, média de 2,6 por partida.

O paraguaio Sanabria marcou de cabeça, aos 43 minutos do segundo tempo, para dar a vitória ao time de Sevilha, agora sexto colocado no Espanhol.

Atual campeão nacional, o Real Madrid largou mal e está na sétima posição, com 8 pontos em cinco jogos. O Barcelona, com Messi em ótima fase (o que não é uma novidade), lidera, com 15 pontos e 100% de aproveitamento.

Leia também: Noticiam recorde do Real Madrid que precisa de um asterisco