Manchester United fecha potencial contratação mais cara do futebol

Por Luís Curro

Os clubes ingleses Manchester United e Everton protagonizaram a potencial negociação mais cara da história do futebol.

Para contratar da equipe de Liverpool o centroavante belga Romelu Lukaku, de 24 anos, os Diabos Vermelhos aceitaram pagar 75 milhões de libras, comprometendo-se a desembolsar mais 15 milhões de libras caso o jogador atinja determinadas metas que são bem executáveis (geralmente um determinado número de gols na temporada ou em outro período de tempo previamente estipulado).

O Man United ainda incluiu no negócio o atacante Rooney, de 31 anos, ídolo do clube que há um par (ou mais) de temporadas vem apresentando um futebol muito distante daquele que o alçou a um dos melhores jogadores da Inglaterra.

De acordo com o jornal “Guardian”, o valor de mercado de Rooney é de cerca de 10 milhões de libras.

 

O atacante Lukaku comemora gol pelo Everton (Reprodução/Instragram de Romelu Lukaku)

Fazendo a soma, o total é de £ 100 milhões (R$ 423 milhões), ou € 113 milhões. Um recorde (a ser confirmado, dependendo de Lukaku atingir as metas).

Lukaku era cotado para defender o Chelsea, atual campeão inglês (que o vendera em julho de 2014 por € 35 milhões), mas o Man United se antecipou ao clube londrino e, em menos de uma semana, chegou a um acerto com o Everton.

De férias em Los Angeles (EUA), o belga foi fotografado há poucos dias treinando na praia ao lado do meia francês Paul Pogba, de quem é amigo e que será seu companheiro de time.

Já circula, inclusive, nas redes sociais um vídeo no qual Lukaku conta a Pogba a boa-nova.

Na metade do ano passado, o Man United comprou Pogba da italiana Juventus por € 105 milhões, a transação mais cara do futebol envolvendo somente o desembolso de dinheiro, desconsiderando a inclusão de outro ativo – Rooney, no caso de Lukaku.

Pelo Everton, Lukaku, um atacante alto (1,90 m), forte (94 kg) e de grande explosão física, marcou 25 gols no último Campeonato Inglês. Somente Harry Kane, do Tottenham, com 29, ficou à sua frente.

Eis o comunicado publicado pelo Man United em seu site neste sábado (8): “O Manchester United tem o prazer de anunciar que chegou a um acordo financeiro com o Everton para a transferência de Romelu Lukaku”.

Faltam duas questões protocolares (passar no exame médico e assinar o contrato) para ele vestir a camisa vermelha de outros Diabos Vermelhos.

Pois, assim como no Manchester United, esse é o apelido da seleção da Bélgica, da qual Lukaku é titular – marcou um gol na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e dois na Eurocopa de 2016, na França.

Leia também: Manchester United é o 1º clube a valer mais de € 3 bilhões

Leia também: Gol de atacante francês custa R$ 34 milhões ao Manchester United

Em tempo: Desconsiderando as metas a cumprir e o “ativo Rooney”, os € 84,8 milhões que o Manchester United pagará ao Everton se constituem, após consulta aos valores levantados pelo site Transfermarkt, na sexta mais cara venda de um futebolista, atrás da de Pogba (Juventus para o Manchester United, € 105 milhões, em 2016), da do galês Bale (Tottenham para o Real Madrid, € 100,8 milhões, em 2013), da do português Cristiano Ronaldo (Manchester United para o Real Madrid, € 94 milhões, em 2009), da do argentino Higuaín (Napoli para a Juventus, € 90 milhões, em 2016) e da de Neymar (Santos para o Barcelona, € 88,2 milhões, em 2013).