Saco de pancadas, Andorra quebra jejum de quase 13 anos sem vitória em jogos oficiais

Por Luís Curro

Já imaginou emplacar uma sequência de 66 jogos oficiais sem ganhar, sendo que, desse total, 63 são derrotas?

Andorra, pequeno país situado entre o sudoeste da França e o nordeste da Espanha (tem perto de 70 mil habitantes,  a metade de Palmas, e sua área é menor que a de Porto Alegre), conviveu com essa humilhante situação, de saco de pancadas, por longos 12 anos e oito meses.

Desde outubro de 2004, quando o já aposentado lateral Marc Bernaus marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre a Macedônia, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2006 (Alemanha), os andorranos não sabiam o que era sair de campo com um largo sorriso.

Voltaram a saber nesta sexta (9), quando outro Marc, de sobrenome Rebés, um volante, fez aos 26 minutos do primeiro tempo, de cabeça, o único gol de Andorra x Hungria, em partida pelo qualificatório para o Mundial de 2018 (Rússia).

Jogadores de Andorra, entre eles Aláez (14) e Ayala (18) comemoram a vitória contra a Hungria pelas eliminatórias do Mundial de 2018 (Pascal Pavani – 9.jun.2017/AFP)

Emocionados, jogadores do time choraram de alegria ao término do duelo no estádio Nacional de Andorra la Vella, a capital do país, incluindo o veterano meia Josep Ayala, de 37 anos, visivelmente acima do peso, que se despedia da seleção que começou a defender em 2002 – foram mais de 80 jogos com a camisa de Andorra.

No período de fracassos, nessas 66 partidas, os andorranos fizeram 12 gols e sofreram 210.

Houve goleadas históricas, como 8 a 1 para a República Tcheca e 7 a 0 para a Croácia, além de seis derrotas por 6 a 0.

Os três empates aconteceram diante de Macedônia, Finlândia (ambos em 2005) e Ilhas Faroë (em março deste ano). Sempre 0 a 0.

Além dos jogos oficiais, todos por eliminatórias de Copa do Mundo ou de Eurocopa, Andorra jogou 22 amistosos desde o fim de 2004. Venceu só um deles, e neste ano: 2 a 0 contra San Marino, como visitante, em fevereiro.

San Marino é um dos dois filiados à Fifa, entre os europeus, que estão atrás de Andorra no ranking da entidade que rege o futebol no mundo, liderado pelo Brasil.

Andorra ocupa a 187ª posição, 154 postos atrás da Hungria, a quem surpreendeu. San Marino está em 204º lugar, e Gibraltar, em 206º e último, empatado com mais cinco países.

Nem San Marino nem Gibraltar (território britânico) ganharam até hoje uma partida chancelada por Fifa ou Uefa.

Em tempo: Com o inesperado triunfo, Andorra deixou a lanterna de seu grupo nas eliminatórias para a Copa de 2018. Soma 4 pontos, e a Letônia está com 3. A Suíça lidera, com 18, seguida por Portugal (15), Hungria (7) e Ilhas Faroë (5).  O campeão da chave se classificará, e o segundo colocado tem chance de disputar vaga em uma repescagem.