Mourinho será técnico da Inglaterra por um dia, no estádio do Manchester United

Por Luís Curro

Desempregado desde dezembro, quando deixou o Chelsea depois de uma série de maus resultados na Premier League, José Mourinho não esconde o desejo de treinar o Manchester United.

Existe a expectativa de que o badalado técnico português possa substituir Louis van Gaal ao término da atual temporada – a própria torcida do time apoia a contratação. Para isso, contudo, os Red Devils terão de dispensar o holandês antes do encerramento do contrato, que vai até a metade de 2017, e pagar-lhe uma multa.

Conforme as informações mais recentes, publicadas nesta sexta (29) pelo diário britânico “Daily Mail”, Van Gaal acredita poder manter o emprego caso termine o Campeonato Inglês entre os quatro primeiros (o que significa o passaporte para a primeira fase da Champions League 2016-2017) e conquiste a Copa da Inglaterra.

Os Red Devils estão na decisão da Copa inglesa (o adversário é o londrino Crystal Palace, no dia 21 de maio) e ocupam a quinta posição na Premier League, cinco pontos atrás de Manchester City e Arsenal (64 a 59), tendo ainda quatro partidas para jogar, contra três de cada um desses rivais.

X

Independentemente de assumir ou não o cargo, Mourinho terá o gostinho de se sentar pelo menos uma vez na área hoje ocupada por Van Gaal durante as partidas do United no estádio Old Trafford. Será no dia 5 de junho, um domingo.

Só que não comandará o Manchester, e sim a Inglaterra. Não “o” English Team, que está a cargo de Roy Hodgson, mas “um” English Team.

O português, que tem no currículo duas Champions Leagues (uma pelo Porto, uma pela Inter de Milão), será o treinador de uma equipe formada por personalidades no jogo batizado de “Soccer Aid”, organizado pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para arrecadar fundos para seus projetos de proteção às crianças.

Entre as celebridades britânicas que seguirão as ordens de Mourinho estão o cantor Louis Tomlinson (da banda pop One Direction) e o ator-cantor-apresentador Olly Murs (ex-participante do reality show “The X Factor”). Além deles, já confirmaram presença, entre apresentadores, comediantes e DJs, oito “jogadores”.

O adversário da seleção inglesa será um combinado do resto mundo, a ser treinado por Claudio Ranieri, o italiano que fez do Leicester a maior sensação desta temporada no futebol europeu.

Por enquanto, a equipe de estrangeiros está esvaziada. Há apenas quatro presenças certas, segundo o site do evento, entre as quais o ator galês Michael Sheen, capitão do time.

FILE- In this Monday, Feb. 1, 2016 file photo, former Chelsea manager Jose Mourinho smiles as he attends a group photo session pitchside as a guest of FIFA Presidential Candidate Gianni Infantino at Wembley Stadium in London, . Hoping to boost its chances of qualifying for the World Cup, the Syrian soccer federation says it wants to hire Mourinho as coach of the war-torn country's national team. (AP Photo/Matt Dunham, File)
José Mourinho sorri durante visita ao estádio de Wembley, em Londres (Matt Dunham – 1º.fev.2016/Associated Press)

“Quero ser o primeiro a vencer o ‘Soccer Aid’ pelas duas equipes”, afirmou Mourinho, que ganhou a disputa em 2014 como técnico do Resto do Mundo.

Esta será a sexta edição da partida beneficente, realizada a cada dois anos desde 2006. Até hoje, o valor arrecadado com o evento foi, de acordo com o Unicef, de £ 17 milhões (R$ 85 milhões).

Bem-humorado, o português também deixou um recado para Ranieri, com quem mantém relação amigável: “Será uma tremenda sensação para Claudio enfim perder uma partida”.

Ranieri mantém uma invencibilidade de nove jogos pelo Leicester. Não perde desde 14 de fevereiro, quando o Arsenal ganhou por 2 a 1 com um gol aos 50 minutos do segundo tempo. Desde então são nove partidas, com sete vitórias e dois empates.

Em tempo: Neste domingo (1º de maio), o Leicester de Ranieri pode ser campeão inglês justamente no Old Trafford, diante do Manchester United de Van Gaal. Uma vitória assegura o título inédito ao time. O Fox Sports transmite a partida, que começa às 10h05 (de Brasília).