Daniel Alves tem recaída e volta a falhar contra o Athletic Bilbao

Por Luís Curro

Teve um ar de déjà vu.

O duelo era Barcelona x Athletic Bilbao. Daquela vez, no jogo de ida da decisão da Supercopa da Espanha. Desta vez, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei.

O “daquela vez” foi no dia 14 de agosto do ano passado. O lateral direito Daniel Alves, do Barcelona e da seleção brasileira, falhou em três gols e o Athletic, em seu estádio, goleou por 4 a 0.

O Barça não teve força para reagir na partida de volta, e o empate por 1 a 1 significou para o time perder seu único título em 2015 (ganhou Espanhol, Champions League, Copa do Rei e Mundial).

O “desta vez” foi nesta quarta (20), no mesmo estádio San Mamés Barria, em Bilbao. Mesmo sem Messi, poupado devido a uma contusão leve, e Suárez, suspenso, o Barcelona fez um primeiro tempo exemplar e, com gols de Munir e Neymar, abriu vantagem.

Com boas atuações do zagueiro Piqué e do goleiro Ter Stegen, segurava o placar que o deixaria com enorme tranquilidade para o duelo no Camp Nou, na próxima semana.

Daniel Alves recebe instrução do técnico Luis Enrique no jogo contra o Athletic Bilbao (Luis Tejido - 20.jan.2016/EFE)
Daniel Alves recebe instrução do técnico Luis Enrique no jogo contra o Athletic Bilbao (Luis Tejido – 20.jan.2016/EFE)

Foi quando, aos 43 minutos, entrou em cena Daniel Alves. O Athletic atacava na base do abafa e cruzou na área. Daniel Alves dominou no peito, com classe, e ao sair jogando… errou o passe. A bola parou no pé de San José, que lançou na área para Aduriz, que chutou para diminuir: 2 a 1.

Bastou para o “AS”, jornal de Madri, destacar em seu site: “Alves presenteia o Bilbao com esperança”. Para o diário, a classificação da equipe da Catalunha estaria muito bem encaminhada “se Alves não vestisse a camisa do Athletic a três minutos do final” e desse motivação aos bascos para “buscar um milagre” em Barcelona.

O “Sport”, de Barcelona, também criticou o brasileiro: “Levando-se em conta o momento da partida, o mais lógico era ter dado um chutão”.

Foi uma falha, e não três. Mas Daniel Alves, que depois de um período de rendimento ruim e de uma contusão vinha jogando bem, precisa tomar cuidado redobrado para que erros não voltem a acontecer daqui a seis dias.

Uma nova recaída do camisa 6 diante do Athletic pode custar caro ao Barça.

Em tempo: Os duelos das quartas de final da Copa do Rei, além de Barcelona x Athletic Bilbao, são: Atlético de Madri x Celta, Valencia x Las Palmas e Sevilla x Mirandés. O Real Madrid, após erro administrativo bisonho, foi eliminado no tapetão. O Barcelona é o atual campeão.