Os caras de Dunga – Danilo vira reserva no Real Madrid de Zidane

Por Luís Curro

A recente troca de Rafael Benítez por Zinédine Zidane tem se mostrado boa até aqui para o Real Madrid, que em duas partidas registrou duas goleadas: 5 a 0 no Deportivo La Coruña e 5 a 1 no Sporting Gijón.

E também se mostrou ruim para Danilo, que na seleção de Dunga disputa a posição de lateral direito com Daniel Alves, do Barcelona, que tem vencido o duelo.

Zidane assumiu o cargo de treinador do Real depois do empate por 2 a 2 da equipe com o Valencia, na qual Danilo jogou como titular. E relegou o brasileiro, ex-Santos e Porto, ao banco de reservas desde então. Jogou o espanhol Daniel Carvajal, que tem a mesma idade de Danilo, 24 anos.

Carvajal, que se machucou no fim de novembro e ficou em recuperação por cerca de um mês, é um bom lateral, mas não é melhor que Danilo. Pode estar melhor, mas não é melhor.

Vi Danilo atuar pelo Porto, que o vendeu por € 31,5 milhões (R$ 138,7 milhões) ao Real Madrid no meio do ano passado, e ele era um dos expoentes do time. Chegou a ser capitão e batedor de pênaltis, além de mostrar força na defesa e qualidade no apoio. Conquistou dois Campeonatos Portugueses (2012 e 2013). Pelo Santos, faturou a cobiçada Libertadores, em 2011.

No Real, não tem sido o mesmo jogador. Problemas de adaptação? Não se falou nisso, nem dentro de campo (até porque não é preciso se adaptar a jogar com um bando de craques, né?) nem fora.

Por um lado, é útil haver a concorrência com Carvajal. Danilo terá de se desdobrar nos treinamentos para convencer Zidane de que merece ser titular. Mostrar o seu melhor.

Por outro lado, nunca é bom quando um selecionável fica fora dos jogos. Por mais que se conheça seu potencial, a reserva tira o ritmo, e quem joga futebol sabe que isso atrapalha bastante.

Se não ganhar a disputa com o Daniel do Real, será improvável ganhar a com o Daniel da seleção.

Danilo no jogo do Real Madrid diante do Malmö, da Suécia, pela Champions League (Juan Medina - 8.dez.2015/Reuters)
Danilo no jogo do Real Madrid diante do Malmö, da Suécia, pela Champions League (Juan Medina – 8.dez.2015/Reuters)

A seguir, o desempenho de cada jogador da última lista de Dunga (8 dos 23 atuam no Brasil) nos últimos sete dias:

Goleiros

Alisson (Internacional) – Inter 3 x 3 Bayer Leverkusen (Florida Cup). Atuou apenas nos primeiros 45 minutos na estreia do time no torneio amistoso nos EUA. Levou dois gols, um de pênalti e outro em que a bola desviou e o enganou. Regular

Cássio (Corinthians) – Atlético-MG 1 x 0 Corinthians (Florida Cup). Não foi negociado com o futebol da Turquia, como era esperado. Fora de forma, não ficou nem no banco na derrota para o Galo. Sem avaliação

Jefferson (Botafogo) – O time está em pré-temporada. O Estadual do Rio começa no fim do mês. Sem avaliação

Defesa

Daniel Alves (Barcelona-ESP) – Espanyol 0 x 2 Barcelona (Copa do Rei). Foi um dos titulares de um Barcelona que atuou com um time misto depois de ter ganhado o jogo de ida por 4 a 1. No primeiro jogo depois de ter sido eleito para a seleção da Fifa de 2015, teve atuação consistente, porém sem brilho. Barcelona 6 x 0 Athletic Bilbao (Espanhol). Poupado, ficou no banco de reservas – Aleix Vidal atuou na lateral direita na goleada. Regular

Miranda (Inter de Milão-ITA) – Atalanta 1 x 1 Inter (Italiano). Sem culpa no gol, que foi de seu colega de zaga, Murillo, contra. Atuação segura. Bom

David Luiz (PSG-FRA) – PSG 2 x 1 Lyon (Copa da Liga da França). Jogou ao lado de Marquinhos, pois Thiago Silva teve um problema no joelho, e não teve culpa no gol. Toulouse 0 x 1 PSG (Francês). Novamente com Marquinhos a seu lado, teve participação no gol: em cobrança de escanteio, desviou de cabeça para o artilheiro Ibrahimovic completar para as redes. Bom

Filipe Luís chuta para marcar pelo Atlético contra o Las Palmas(Desiree Martin - 17.jan.2016/AFP)
Filipe Luís chuta para marcar pelo Atlético contra o Las Palmas (Desiree Martin – 17.jan.2016/AFP)

Filipe Luís (Atlético de Madri-ESP) – Atlético 3 x 0 Rayo Vallecano (Copa do Rei). Firme na defesa, no ataque arriscou dois chutes a gol e levou um cartão amarelo por simular um pênalti. Las Palmas 0 x 3 Atlético (Espanhol). Aos 17 minutos do 1º tempo, acertou um belo chute da grande área, abrindo o placar para os madrilenhos. Não teve problemas na defesa. Ótimo 

Danilo (Real Madrid-ESP) – Real Madrid 5 x 1 Sporting Gijón (Espanhol). Ficou na reserva de Carvajal. Sem avaliação

Gabriel Paulista (Arsenal-ING) – Liverpool 3 x 3 Arsenal (Inglês). Ficou na reserva de Mertesacker e Koscielny. Stoke City 0 x 0 Arsenal (Inglês). Mais uma vez ficou na reserva de Mertesacker e Koscielny. Sem avaliação

Gil (Corinthians) – Atlético-MG 1 x 0 Corinthians (Florida Cup). Não se posicionou tão bem em algumas jogadas, mas não cometeu nenhum erro grave nem teve culpa no gol. Foi substituído por Yago ao 29 minutos do 2º tempo. Regular

X

Douglas Santos (Atlético-MG) – Atlético-MG 3 x 0 Shakhtar Donetsk (Florida Cup). Adequado na defesa, fraco no apoio. Foi substituído aos 27 minutos do 2º tempo por Mansur. Atlético-MG 1 x 0 Corinthians (Florida Cup). Competente na marcação, discreto no apoio. Regular

Meio-campo

Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE) – Chemnitzer 2 x 3 Wolfsburg (amistoso). Não atuou nessa partida. O treinador Dieter Hecking afirmou que o volante está perto do retorno aos gramados após contusão. Sem avaliação

Elias (Corinthians) – Atlético-MG 1 x 0 Corinthians (Florida Cup). Sem a companhia de Renato Augusto no meio-campo, rendeu menos do que o habitual. Não acompanhou Lucas Pratto no contra-ataque que resultou no gol do Atlético, marcado por Hyuri. O capitão corintiano foi substituído aos 35 minutos do 2º tempo por Moisés. Regular

Fernandinho (Manchester City-ING) – Manchester City 0 x 0 Everton (Inglês). Com dores musculares, ficou fora dessa partida. Manchester City 4 x 0 Crystal Palace (Inglês). Novamente não foi relacionado. Sem avaliação

Oscar (Chelsea-ING) – Chelsea 2 x 2 West Bromwich (Inglês). Um dos motivos para o Chelsea não estar bem há meses é a fase ruim de Oscar, que prosseguiu nessa partida, na qual atuou todo o tempo. Parece às vezes faltar-lhe disposição e tem-lhe faltado, constantemente, bom futebol. Chelsea 3 x 3 Everton (Inglês). Perdeu prestígio e começou no banco. Substituiu o volante Matic aos 9 minutos do 2º tempo. Desviou, de cabeça, a bola para Terry marcar, em impedimento, o terceiro gol do Chelsea, nos acréscimos do 2º tempo. Ruim

Oscar (de azul) reclama com o árbitro em Chelsea x West Brom (Ben Stansall - 13,jan.2016/AFP)
Oscar (de azul) reclama com o árbitro em Chelsea x West Brom (Ben Stansall – 13,jan.2016/AFP)

Willian (Chelsea-ING) – Chelsea 2 x 2 West Bromwich (Inglês). Quase fez um belo gol em chute no 1º tempo – a bola passou perto da trave do goleiro Myhill. O segundo gol dos Blues saiu de seus pés: avançou até a linha de fundo pela direita e cruzou; a bola desviou no zagueiro McAuley e morreu nas redes. Chelsea 3 x 3 Everton (Inglês). Teve um 1º tempo de muita movimentação e uma tentativa a gol, defendida por Howard. No 2º tempo ficou mais centralizado e caiu de rendimento. Regular

Lucas Lima (Santos) – O time treina para o Paulista, que começa no final deste mês. Sem avaliação

Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN) – Deixou o Corinthians para atuar no futebol chinês (Beijing Guoan), que está na intertemporada. Sem avaliação

Kaká (Orlando City-EUA) – A Major League Soccer terminou no dia 6 de dezembro com o título do Portland Timbers. A próxima edição da MLS começa em março. Sem avaliação

Ataque

Neymar (Barcelona-ESP) – Espanyol 0 x 2 Barcelona (Copa do Rei). Poupado, não foi relacionado para a partida. Barcelona 6 x 0 Athletic Bilbao (Espanhol). Mais uma grande apresentação do camisa 11. Infernizou com sua velocidade e dribles a vida do lateral Bódega e de quem mais se aventurou a tentar pará-lo. Fez o segundo gol da equipe, em um toque de classe de esquerda que encobriu o goleiro, e deu o passe para Suárez marcar o terceiro e para Rakitic fazer o quarto. Ótimo

X

Hulk (Zenit-RUS) – O Campeonato Russo está em recesso até o final de fevereiro. Antes de enfrentar o Benfica, no dia 16 de fevereiro, em Portugal, pela Champions League, disputará a Atlantic Cup, também em Portugal (Algarve), a partir de 1º de fevereiro. Sem avaliação

Douglas Costa (Bayern de Munique-ALE) – Karlsruher 2 x 1 Bayern (amistoso). Jogou somente os primeiros 45 minutos e deu a assistência para o gol do chileno Vidal. Robben entrou em seu lugar. Bom

Ricardo Oliveira (Santos) – O time treina para o Paulista, que começa no final deste mês. Sem avaliação