Em clima de Natal, Cristiano Ronaldo (se) exibe (em) sua mansão

Por Luís Curro

Cristiano Ronaldo, o atual melhor jogador do mundo segundo a Fifa (deve perder no início de janeiro o título para Messi, em evento no qual se conhecerá o craque de 2015), decidiu, em clima natalino, mostrar sua mansão para os fãs.

O superastro do Real Madrid elegeu a si mesmo como guia na filmagem de um tour de quase dois minutos, em rede social, pela casa avaliada em U$$ 7,1 milhões (cerca de R$ 28 milhões).

Fica em um luxuoso condomínio residencial em La Finca, a oito quilômetros de Madri.

X

Nesse pequeno “passeio” pela casa, fica nítido o óbvio, o quanto Cristiano Ronaldo, aos 30 anos, se adora e é metrossexual.

O que mais se vê no interior, seja no hall de entrada, em seu quarto, nos corredores, na sala de jantar… são espelhos.

Não sou especialista em decoração, mas sei que espelhos dão amplitude aos ambientes. No caso do CR7, não é necessário dar amplitude a nada, a casa é gigantesca. Ou seja, é uma questão de gosto, e de gosto dele por ele próprio.

Com tantos espelhos, o português não tem como não se ver a todo momento. De fato, ele se ama! É impressionante esse traço tão marcante de sua personalidade, de se admirar incansavelmente, de se considerar o maioral.

Cristiano Ronaldo já é um dos melhores jogadores da história, um fora de série, um superartilheiro, um atleta fisicamente privilegiado e dono de uma técnica extraordinária. Dribla muito bem, chuta melhor ainda (e com os dois pés), é ótimo no cabeceio, sua velocidade é impressionante.

Mas como é exibido e marrento! A antítese de seu maior rival nos campos, Messi, uma figura humilde e discreta.

“Eu amo este cão. Você sabe por quê? Porque ele está sempre calmo”, diz Cristiano Ronaldo logo no início do vídeo (suas falas são todas em inglês), ao apontar para a estátua de um cachorro (um dálmata, talvez?).

Ok, são muitos espelhos e uma piadinha de gosto duvidoso, mas a ideia de mostrar a casa foi bacana, possibilitando conhecer um pouco do que a maioria absoluta dos jogadores esconde: a intimidade.

O atacante português na área externa de sua casa, perto das árvores de natal (Reprodução/Twitter Crisriano Ronaldo)
O atacante português na área externa de sua casa, perto das árvores de Natal (Reprodução/Twitter Cristiano Ronaldo)

O CR7 diz que o lugar em que mais tempo passa é o seu quarto, para descansar, classificando o cômodo como o mais importante da casa.

O segundo local mais importante, segundo ele? A sala de jantar, pois é o lugar onde faz as refeições.

Ali, não resistiu: “Meus chefs cozinham inacreditavelmente bem para mim. É a razão de eu estar assim”. E passa a mão pelo corpo, rindo, a fim de exibir a boa forma.

Cristiano Ronaldo também apresenta ao espectador a sala de estar (“Onde vejo TV, jogos de futebol”) e a área externa, onde não há, ou parece não haver, espelhos.

É possível ver duas piscinas, uma cesta de basquete e um campinho de futebol, além de três árvores de Natal, onde o jogador passa sua mensagem de Natal, na qual acrescenta: “Seja feliz, que é sempre o que mais importa”.

Houve, porém, mistério em um dos momentos da “visita”. O CR7 Desistiu de mostrar um dos recintos internos, afirmando: “Não, não é importante”. O que poderia ser? Talvez um dos oito banheiros da mansão? Sim, são oito banheiros. E sete quartos. E uma sala de troféus.

Tudo bem. Cristiano Ronaldo faz as coisas ao seu estilo e é admirado, ou não, justamente por isso.