Neymar organiza desafio de futebol, mas confunde Praia Grande com Mogi

Por Luís Curro

Neymar, craque do Barcelona e da seleção brasileira, promoverá por meio de seu instituto um campeonato mundial de futebol de cinco.

Neymar_4
“Neymar Jrs’ Five” (Reprodução/YouTube)

No formato da competição, são cinco jogadores de cada lado (podem ser de ambos os sexos, com idades de 16 a 25 anos), com “gol caixote”.

De acordo com o material de divulgação, poderão participar equipes de 42 países, que disputarão de janeiro a junho de 2016 as eliminatórias locais.

Entre as nações escolhidas, há algumas bem periféricas no mundo da bola, como Bahrein, Jordânia, Kosovo, Paquistão, Quirguistão, Maurício e Malta.

Dos oito países campeões mundiais, três não foram incluídos na disputa: Argentina, França e Uruguai. Da América do Sul, além do Brasil, apenas Chile e Peru foram selecionados.

As inscrições são feitas por site criado pelo Instituto Neymar Jr. Os campeões das eliminatórias virão ao Brasil em julho para a etapa final do desafio.

Aliás, os organizadores fizeram confusão ao informar o local da fase final: será em uma única cidade, porém não foi tão óbvio descobrir qual.

Opção 1 – Mogi das Cruzes (cidade natal de Neymar)

Neymar_1
Segundo Neymar nesse texto, as melhores equipes rumarão para o interior de São Paulo

Opção 2 – Praia Grande (sede do Instituto Neymar Jr.)

Neymar_2
Praia Grande, nessas palavras de Neymar, é o destino dos times que se qualificarem para a reta final do desafio

Opção 3Santos (sede do Santos, time que revelou Neymar)

Neymar_3
Citação a Santos na seção “Coisas que você pode querer saber” do site do torneio

Em uma leitura mais minuciosa sobre o torneio, é possível concluir que será Praia Grande, onde fica o Instituto Neymar Jr., o município a abrigar a etapa decisiva do “Neymar Jrs’ Five”.

Assim, a opção 2 é a correta, havendo erro nas opções 1 e 3.

O estafe de Neymar já consertou a redação da opção 3, inserindo “Praia Grande” no lugar de “Santos”.

Basta arrumar mais um texto, o da opção 1 (afinal, a cidade natal de Neymar, Mogi, não verá a cor da bola, ao menos desta vez), a fim de não deixar mais dúvida aos leitores e aos interessados em participar do desafio.