Jahn Regensburg, o time que superou o Bayern de Munique

Por Luís Curro

Entre os grandes do futebol europeu, o Bayern de Munique é com alguma sobra o que mais tem encantado neste início da temporada 2015-2016.

É uma equipe que “enche os olhos” do fã de futebol. Neuer, Lahn, Boateng, Alaba, Xabi Alonso, Müller, Götze, Douglas Costa, Lewandowski (este está jogando uma barbaridade)… É uma constelação de sensacionais jogadores. E que trazem resultados.

Nos principais campeonatos nacionais do velho continente, o Bayern é o único time com 100% de aproveitamento: 7 vitórias em 7 jogos, 23 gols marcados, apenas 3 sofridos. Com direito a duas goleadas marcantes: 5 a 0 no Hamburgo e 5 a 1 no Wolfsburg, esta com desempenho histórico do polonês Lewandowski.

Na Champions League, após duas partidas, também 100% de sucesso, com oito gols a favor e nenhum contra, e mais um 5 a 0 no currículo – nesta terça (29), a vítima foi o Dinamo Zagreb, da Croácia.

X

Na Copa da Alemanha, o Bayern estreou com vitória, 3 a 1 no Nöttingen. Antes, na Copa Audi, bateu Milan (3 a o) e Real Madrid (1 a 0) e foi campeão. Em amistoso, enfiou mais um 5 a 0, no Fanclub Red Power.

Desde 4 de agosto, 15 jogos e… 14 vitórias. Exato, há uma pequena mancha nessa sequência.

Uma derrota para o Jahn Regensburg, que disputa uma das ligas regionais da quarta divisão alemã e nunca atuou na Bundesliga, a divisão de elite do futebol alemão.

Foi um 3 a 1, no dia 3 de setembro, na Continental Arena, lotada por 15.224 torcedores em Regensburg (Ratisbona), cidade que fica 120 km ao norte de Munique.

Na data Fifa, o Bayern, que cedeu vários jogadores para seleções nacionais, e o treinador Pep Guardiola aproveitou para colocar alguns reservas e jovens para jogar. Dos titulares, estiveram em campo Lahm e o espanhol Xabi Alonso.

O Bayern começou ganhando (Scholl), mas levou a virada. Marcaram os gols Pusch, após pênalti cometido por Xabi Alonso, o americano George, em falha de Lahm, e Ziereis.

Essa derrota em um amistoso em nada minimiza a supercampanha construída até agora pelo Bayern na temporada.

Mas, para o modesto Jahn Regensburg, fundado em 1907 e que tenta regressar à terceira divisão depois de ter ficado em último na temporada 2014-2015, é um grande feito.

Certamente um dos maiores de sua história.

Em tempo: O Jahn Regensburg lidera a liga que disputa, com 10 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Em segundo está o Bayern de Munique B, com 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota. No próximo dia 9, haverá o confronto direto, e os aspirantes do Bayern terão a chance de vingar a recente derrota do time principal, na mesma Continental Arena.