Os caras de Dunga – Que perdure o futebol de Douglas Costa

Por Luís Curro

Dunga convocou na semana passada a seleção brasileira que enfrentará em amistosos nos Estados Unidos a Costa Rica, no dia 5 de setembro, e os EUA, no dia 8. Serão os últimos testes antes do início das eliminatórias para a Copa de 2018, na Rússia.

Houve várias novidades, e, dos jogadores analisados aqui sete dias atrás, que formaram a seleção na Copa América do Chile, dez não foram chamados desta vez: o goleiro Neto (Juventus), 0s laterais Fabinho (Monaco) e Geferson (Internacional), o zagueiro Thiago Silva (PSG), os meio-campistas Casemiro (Real Madrid), Fred (Shakhtar), Everton Ribeiro (Al Ahli) e Philippe Coutinho (Liverpool) e os atacantes Diego Tardelli (Shandong Luneng) e Robinho (Guangzhou Evergrande).

Desses, Thiago Silva marcou um gol, de cabeça, na vitória do PSG sobre o Gazélec Ajaccio pelo Campeonato Francês no domingo (16).

Entre os 24 convocados de Dunga, o destaque da semana foi Douglas Costa, que fez sua primeira partida na Bundesliga, na goleada de 5 a 0 do Bayern de Munique. Nem parece que ele chegou ao time outro dia. Sente-se em casa, está jogando desde a pré-temporada um futebol de encher os olhos, com dribles, jogadas pelas pontas, bons cruzamentos, toque de bola, disposição. Um futebol de craque. Tomara que perdure.

E a decepção foi Daniel Alves. O experiente lateral do Barcelona participou negativamente de três dos quatro gols que a equipe catalã sofreu do Athletic Bilbao no jogo de ida da decisão da Supercopa da Espanha.

Eis a lista completa (19 dos 24 atuam fora do Brasil) e a análise semanal de cada atleta:

Goleiros

Jefferson (Botafogo) – América-MG 1 x 2 Botafogo (Brasileiro da Série B). Sem culpa no gol. Regular

Marcelo Grohe (Grêmio) – Grêmio 2 x 1 Joinville (Brasileiro). Sem culpa no gol. Regular

Alisson (Internacional) – Cruzeiro 0 x 0 Internacional (Brasileiro). Não levou gol, mas não mostrou segurança em pelo menos dois lances. Regular

Defesa

Daniel Alves (Barcelona-ESP) – Barcelona 5 x 4 Sevilla (Supercopa da Europa). Apesar do título, que veio com um gol na prorrogação, toda a defesa do Barcelona foi mal. Recebeu cartão amarelo no fim do jogo. Athletic Bilbao 4 x 0 Barcelona (Supercopa da Espanha, 1º jogo). Teve participação negativa nos três últimos gols. Barcelona 1 x 1 Athletic Bilbao (Supercopa da Espanha, 2º jogo). Dessa vez não comprometeu. Só que o segundo jogo foi deveras comprometedor. Péssimo

Miranda (Inter de Milão-ITA) – Inter 0 x 0 AEK-GRE (amistoso).  Ajudou a equipe a não levar gol pela primeira vez após dez jogos, mas recebeu um cartão amarelo. Regular

David Luiz (PSG-FRA) –  PSG 2 x 0 Gazélec Ajaccio (Francês). Teve duas boas chances de fazer gol em cabeçadas. Com David Luiz em dupla com Thiago Silva, a defesa do PSG não tomou gol pelo segundo jogo seguido na Ligue 1. Bom

Filipe Luis (Atlético de Madri-ESP) – Atlético 3 x 0 Betis (Troféu Ramon de Carranza). Mais uma boa apresentação do lateral esquerdo em seu retorno ao clube. Fez o cruzamento para o último gol. Bom

Danilo (Real Madrid/ESP) – O Real Madrid não foi a campo nos últimos sete dias. Sem avaliação

Marquinhos (PSG-FRA) – PSG 2 x 0 Gazélec Ajaccio (Francês). Contundido na coxa, não ficou nem na reserva. Sem avaliação

Gabriel Paulista (Arsenal-ING) – Crystal Palace 1 x 2 Arsenal (Inglês). Ficou na reserva. Sem avaliação

Douglas Santos (Atlético-MG) – Chapecoense 2 x 1 Atlético (Brasileiro). Suspenso, não jogou. Sem avaliação

Meio-campo

Fernandinho (Manchester City-ING) – Manchester City 3 x 0 Chelsea (Inglês). Trabalhou com eficiência a bola no meio-campo em jogo memorável para o City. E para ele, que marcou o último gol em chute da entrada da área. Bom

Elias (Corinthians) – Corinthians 4 x 3 Sport (Brasileiro). Deu ótimo passe para Luciano abrir o placar em Itaquera e teve atuação decente. Avaí 1 x 2 Corinthians (Brasileiro). Mais uma apresentação consistente. Bom

Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE) – Wolfsburg 2 x 1 Eintracht Frankfurt (Alemão). Não foi relacionado para a estreia da equipe na Bundesliga. Sem avaliação

Willian (Chelsea-ING) – Manchester City 3 x 0 Chelsea (Inglês). Como todo o time, deixou a desejar em uma partida para os Blues esquecerem. Foi substituído por Falcao aos 34 minutos do 2º tempo. Ruim

Ramires (Chelsea-ING) – Manchester City 3 x 0 Chelsea (Inglês). Como todo o time, foi mal. Ainda protagonizou um papelão ao fazer um gol e sair vibrando, sem perceber que a jogada havia sido anulada por impedimento. Foi substituído por Cuadrado aos 19 minutos do 2º tempo. Ruim

Oscar (Chelsea-ING) – Manchester City 3 x 0 Chelsea (Inglês). Uma pancada em um treino o tirou da partida. Sorte dele. Sem avaliação

Douglas Costa (Bayern de Munique-ALE) – Bayern 5 x 0 Hamburgo (Alemão). Se há um jogador brasileiro nesta lista que tem jogado muito bem desde a pré-temporada, é este. Começou a Bundesliga como titular no estrelado elenco de Pep Guardiola e agradou, correndo muito, fazendo jogadas pelas extremas e mostrando bom entrosamento com os colegas. No terceiro gol, foi à linha de fundo pela direita e, em um belo cruzamento de três dedos com a canhota, serviu Müller. Ainda fechou a goleada, em chute colocado da entrada da área. Dynamo Dresden 1 x 3 Bayern (amistoso). Ficou na reserva. Ótimo

Lucas Lima (Santos) – Atlético-PR 0 x 0 Santos (Brasileiro). Não brilhou como em outras oportunidades. Foi substituído aos 37 minutos do 2º tempo. Regular

Kaká (Orlando City-EUA) – Seattle 4 x 0 Orlando (Major League). Após festejar a volta à seleção, esperava-se que jogasse uma partida memorável. Só que não. Foi substituído aos 25 minutos do 2º tempo, com o time perdendo de 3 a 0. Ruim

Ataque

Neymar (Barcelona-ESP) – Em recuperação de caxumba, permanece afastado do time. Sem avaliação

Roberto Firmino (Liverpool-ING) – Liverpool 1 x 0 Bournemouth (Inglês). Entrou aos 25 minutos do 2º tempo. Jogando pouco, será difícil render bem. Regular

Lucas (PSG-FRA) – PSG 2 x 0 Gazélec Ajaccio (Francês). Na estreia do PSG na Ligue 1, na sexta-feira retrasada, tinha feito um belo gol, o da vitória. Desta vez, não foi um diferencial para o time. Regular

Hulk (Zenit-RUS) – Zenit 0 x 2 Krasnodar (Russo). Abaixo do que costuma jogar, ainda levou um cartão amarelo nos acréscimos do 2º tempo e viu o time perder a liderança para o CSKA. Ruim

X