O futebol precisa de Ibra

Por Alex Sabino

Zlatan Ibrahimovic of Paris St Germain attends a soccer training session at Ooredoo training camp in Saint-Germain-en-Laye, near Paris

 

O futebol precisa de Zlatan Ibrahimovic. Mesmo quando exagera. Que ele tem certeza de que o mundo gira em torno do seu umbigo, não resta dúvida. O abandono da Juventus depois de o time ter sido rebaixado no calciopoli não foi um gesto muito honorável. Chamar a França – onde ganha seus trocados atualmente – de  “país de merda” realmente esteve longe de ser seu melhor momento. Nesta quinta (19), o sueco foi suspenso por uma partida pela UEFA pela expulsão diante do Chelsea (ING), nas oitavas de final.

O futebol precisa de Zlatan Ibrahimovic  porque ele foge do lugar comum. Dentro e fora de campo. Sua arrogância faz com que muitos ainda sejam reticentes ao talento do artilheiro que, para este blog, é inquestionável. Já há centenas (milhares!) de jogadores no planeta falando em “três pontos”, “Respeito ao adversário”, que “todo adversário é difícil”.

Mas só Ibra, ao ser questionado por um repórter o que daria de presente de aniversário para a mulher, respondeu:

“Nada. Ela já tem Zlatan.”

Para o bem e para o mal, o blog lembra cinco frases memoráveis de Ibrahimovic fora das quatro linhas e cinco momentos inesquecíveis do atacante com a bola nos pés.

 

LÍNGUA AFIADA

 

“Zlatan não faz testes”

Foi a resposta que deu, aos 17 anos, ao chegar ao Arsenal e ouvir que teria de ficar por um período de avaliação no clube.

 

 “Não posso evitar o sorriso por eu ser tão perfeito”

Quem seria capaz de dizer algo assim sobre si mesmo? Só Ibra.

 

“Uma coisa é certa. Uma Copa do Mundo sem mim não vale a pena assistir”

Ele mandou essa após a Suécia ser eliminada por Portugal nas Eliminatórias.

 

“Quando você me contrata, está comprando uma Ferrari”

Uma observação modesta do sueco

 

Um jornalista queria saber quem ganharia a repescagem da Copa do Mundo: Portugal ou Suécia. Sem paciência, Ibrahimovic disse que só Deus sabia. Quando o repórter respondeu ser um pouco difícil saber a opinião do Todo Poderoso, o atacante disparou:

“Por quê? Você está olhando para ele…”

 

 

MÁGICA NOS PÉS

 

Suécia 4×2 Inglaterra (2012)

Marcado no final de 2012, o gol contra a Inglaterra não entrou na lista dos mais bonitos do ano da Fifa. Foi tão escandalosamente melhor que os outros que merecia o prêmio de qualquer jeito.

 

Suécia 1-1 Itália (2004)

Um dos mais insanos gols da história das Eurocopas foi marcado pelo sueco em 2004.

 

Ajax 5-1 NAC Breda (2004)

Este pode não ser o gol mais bonito da história. Mas dá para brigar…

 

Internazionale 2-1 Bologna (2008)

Um gol do tempo em que Adriano ainda jogava bola. Ele fez o cruzamento para o gol de calcanhar de Ibra.

 

Suécia 2-0 França (2012)

Bem… Falar  o quê?