Além de Cristiano e Lionel

Por Rafael Reis

Pepe foi o rei dos desarmes e o jogador que mais venceu confrontos aéreos. Di María, o termômetro do time, o atleta mais acionado e, consequentemente, que mais distribuiu passes.

A goleada por 4 a 0 aplicada pelo Real Madrid sobre o Bayern de Munique, na terça-feira, serviu para nos lembrar que as seleções de Portugal e Argentina são mais do que Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

Tudo bem que os dois times não teriam grandes chances no Mundial se não fosse por seus maiores astros, que se revezam no prêmio de melhor jogador do mundo há seis anos.

Mas há coadjuvantes de luxo. E alguns deles estão no primeiro finalista da Liga dos Campeões da Europa.

A troca no banco de reservas do Real fez bem para o amadurecimento de Pepe. O zagueiro, que era altamente inflamável pelo discurso bélico de José Mourinho, ganhou serenidade nas mãos de Carlo Ancelotti.

Ainda não dá para esperar do brasileiro naturalizado português um comportamento digno de lorde inglês em campo. Mas, afinal, quem deseja um lorde inglês como beque?

O que importa é Pepe já não é mais aquela bomba ambulante, que pode deixar o Real e a seleção portuguesa a ver navios a qualquer momento.

É sim um dos zagueiros mais sólidos do futebol mundial na temporada, mesmo sem uma técnica primorosa. Tem boa velocidade, motivação e se destaca na bola aérea.

Foi, talvez, o melhor jogador dos confrontos contra o Bayern pela semifinal da Champions. Parou aquele que vinha sendo considerado o time mais forte do mundo. E isso não é pouco.

Pepe teve como grande companheiro de missão o meia Ángel di María.

Além de Messi, a Argentina tem Agüero, Higuaín, Tevez, Lavezzi. Mas nenhum vive um momento tão positivo quanto o camisa 22 do Real.

Di María se reinventou com Ancelotti, que o colocou para jogar pela faixa central do campo. De ponta velocista e pouco inteligente, transformou-se no maestro do meio madrileno.

Com menos jogos, já superou o número de gols e assistências pelo Real na temporada passada.

Cristiano Ronaldo à parte, é o jogador mais regular dos merengues no ano. Mais do que o badalado Bale e que Benzema, outro em grande fase.

 

Zagueiro português Pepe comemora classificação do Real Madrid
Zagueiro português Pepe comemora classificação do Real Madrid